Em torno do mundo da alimentação baseada em cereais é o mais comum, mas dependendo do clima, cada prato varia. Neste sentido, na Europa o trigo é o cereal base e usado para preparar massas, pão e outros produtos à base de trigo. No caso da América, o milho é o cereal base e pode ser usado seco ou refinado para dar lugar a farinha e fazer bolos ou tortas e outras variações. No Oriente, o arroz é o cereal base e tem amplas variações para a sua preparação, desde bebidas até farinhas para fazer deliciosos pratos e sobremesas.

Neste artigo vamos tentar explicar tudo sobre o arroz: qual é o melhor, valor nutricional e como cozinhá-lo. Esperamos que seja útil.

Qual é o Melhor Arroz?

O arroz é um dos alimentos mais importantes em todo o mundo. Desde crianças até idosos precisam de suas propriedades e nutrientes. Além disso, fornece cerca de 20% da energia de uma dieta diária e é excelente para cuidar da saúde, embora nem todos os tipos de arroz sejam bons.

Na atualidade, foram reconhecidos 3 tipos de arroz como os melhores e mais saudáveis do mundo: o Basmati procedente da Índia, o Arborio procedente da Itália e o Jasmine da Tailândia. Cada vez se tornam mais populares, entre as diferentes produções de arroz do mundo, graças à diferença da sua textura, sabor e nutrientes, embora possam resultar muito mais caros do que o arroz convencional.

Basicamente, a forma de cultivo será a que indicará que um tipo de arroz é melhor do que outro, pois o arroz integral não é o mais recomendado se não for cultivado da maneira precisa para que seja de grande bem-estar para a saúde.

Na verdade, o arroz silvestre ou arroz selvagem possui muito mais nutrientes do que o arroz branco. Fornece a pessoa mais de 10% dos valores recomendados diários de ácido fólico. Também fornece riboflavina, vitamina B6 e niacina em porções de uma xícara. O arroz silvestre também conta com menos calorias do que o arroz branco e é muito mais denso, proporcionando uma melhor nutrição.

A fibra do arroz silvestre é três vezes maior do que a do arroz branco e, graças aos seus aminoácidos essenciais, tem muito mais proteínas como, por exemplo, a lisina e a metionina. Fornece benefícios para o corpo já que ajuda a reduzir os níveis de colesterol e melhora a produção de colágeno. Também fornece nutrientes que contribuem para a formação de ossos fortes e saudáveis, cartilagens, pele, tendões, tecidos e muito mais.

Este arroz é bom para comer durante uma dieta que busque a perda de peso para evitar a desnutrição e a queda de cabelo, já que, graças a metionina, pode regular os níveis da produção sanguínea deste elemento tão vital para o organismo e manter o equilíbrio saudável. Desta forma, se começa a emagrecer sem impactos diretos sobre a saúde.

Uma única xícara de arroz negro em sua dieta diária fornece 15% do fósforo, zinco e magnésio, o que o torna altamente nutritivo em comparação com o arroz branco. Os minerais deste tipo de arroz são muito mais saudáveis do que qualquer outro tipo de arroz que você pode encontrar no mercado, já que não é processado e a qualidade indicada em sua descrição nutricional é 100% certa.

Leia também: "Arroz Preto: Os Benefícios Deste Nobre Da China".

Valor Nutricional e Propriedades do Arroz

As propriedades gerais do arroz incluem fósforo, potássio, magnésio, proteína, zinco, fibra, entre outros valores nutricionais que vão depender do tipo de arroz que você costuma consumir. No entanto, embora o arroz selvagem seja o mais completo devido ao seu alto valor nutritivo detalhado anteriormente, por vezes, comprá-lo sai mais caro do que o arroz branco. Para isso, há uma alternativa, que é o arroz negro.

Se muitos nutricionistas asseguram que o arroz integral é muito bom para a saúde, o arroz negro é muito melhor. Este tipo de arroz, em ocasiões, é denominado arroz proibido ou púrpura e é valioso por sua procedência asiática, já que oferece muito mais benefícios do que o arroz integral.

A propriedade mais conhecida do arroz negro são os antioxidantes. Este arroz é altamente nutritivo e fornece energia revitalizante para o organismo. Sua casca é mais grossa do que a do arroz integral, fazendo com que o seu cozimento seja um pouco mais lento, mas seu sabor é incomparável. Além disso, o segredo está na cor, porque garantem que, quanto mais escuro for o arroz, muito melhores serão os seus nutrientes.

O arroz negro está composto também por antocianinas, composto nutricional semelhante ao das amoras e dos mirtilos. Isso é muito bom considerar, já que as antocianinas desempenham um papel importante no combate às doenças bastante fortes como, por exemplo, o câncer e as doenças cardíacas.

O farelo de arroz negro é muito mais especial, pois é utilizado como agente terapêutico para tratar as doenças inflamatórias crônicas. O torna excelentemente especial para combater a fibromialgia (doença que não tem cura nem prescrição de medicamentos específicos).

Este é um tipo de arroz de alta qualidade e costuma ser mais econômico do que o arroz silvestre. As propriedades e os benefícios são muito mais amplos em relação ao arroz branco, já que este último não fornece tantos benefícios para o corpo.

Leia também: "Benefícios do Arroz Integral e os Seus Inconvenientes".

Qual a Melhor Maneira de Cozinhar o Arroz?

Existem diversas maneiras para preparar um bom arroz, muitas vezes, independentemente do seu tipo. Desta maneira, o arroz pode ser seco e preparado no forno, na frigideira ou na panela. Também podem cozidos e preparados em ensopados. O arroz também pode ser preparado de forma melosa para fazer sobremesas, graças à quantidade de água que pode absorver. Essa característica ajuda para que o resto dos ingredientes se incorporem ao grão, proporcionando um sabor muito mais agradável ao paladar.

A melhor maneira de cozinhar o arroz é a tradicional, sem muitas especiarias nem muitos condimentos. Isso garante que o prato terá um acompanhante saudável. Esta preparação consiste em ferver a água e, em seguida, adicionar o arroz com um pouco de sal e alguns poucos condimentos naturais. Finalmente, ao secar, estará pronto para consumir como um acompanhante perfeito.

Você também pode preparar o arroz para bebidas como, por exemplo, bebidas para os bebês e batidos para os mais jovens. O arroz frito não é muito recomendado a menos que sejam medidas as porções dos ingredientes. O arroz cozido no vapor é um dos mais deliciosos, assim como o arroz de forno.